Humano, demasiado Humano.

A obra se trata de uma cenopoesia inspirada nas obras de Gregório de Matos e Augusto dos Anjos, ambos buscam em suas obras poéticas explorar a existência como um todo. A cenopoesia “Humano, demasiado Humano” relaciona as obras em um prisma artístico, onde um sujeito se depara com a fantasia e a realidade, e vive um paradoxo levando a um desfecho trágico.

Leia mais

A U T O T O M I A

terra-sangue-água-sal ÚTERO VIBRÁTIL ((( contr’ação ))) a urgência de partir-se in parto o instinto de morrer-se in parte para que sobreviva in transubstância - o todo. entre as pernas: morte e vida. água na pele do barro contorcendo nova-velha argila “AUTOTOMIA” 11’15’’ – VídeoPerformance - (2017/2020) tecno-rito de um corpo em estado de corte, de entrega, de sacrifício, de sobrevivência, de vulnerabilidade, de expurgo, de erupção, de reparir-se, de regenerar - no contexto de um mundo pandêmico que se divide autotomicamente em antes e depois, em agonia e devir. corpo-a-corpo com o corpo das palavras da poetisa polonesa Wislawa Zymborska e com o corpo das vozes sampleadas da performer Meredith Monk, se entrega à relação duracional e sinestésica com os elementos, ao íntimo avessado em confissão enquanto experimento audiovisual. entre o que morre e (re)nasce nos ciclos vitais, contorce uma humanidade crua, selvagem e uterina.

Leia mais

O que os olhos não veem

O que os olhos não veem - Por Karen Marçal 2X RECINTO foi produzido na mesma métrica que um vídeo arte anterior chamado "O QUE OS OLHOSNÃO VEEM", os dois vídeos são complementares no sentido que ambos foram produzido, gerenciados e geridos dentro de um mesmo propósito! As parcerias com os familiares que aparecem no vídeo também são significados a ponto de mostrar não só uma ancestralidade mas um equilíbrio. Contudo um dos pensamento e reflexões por trás desses afazeres é o da ética e da estética da produção da arte com sentimentos, a produção de obras e as reverberação que elas podem proporcionar.

Leia mais

2X Recinto

2X Recinto - Por Karen Marçal De si para si, ou de si para o outro? A obra intitulada 2x (vezes) Recinto, se trata de um vídeo dança poema, dentro das características de vídeo arte, o mesmo é um vídeo híbrido composto por uma dança que tem como base uma pesquisa de movimentações autorais, assim como se alimenta da vida, história e sentimentos da artista, também é nutrido de uma poesia também autoral co desenvolvida com a dança, a poética é referente aos acontecimento, ao tempo que vivemos, as sutilezas e afetamentos que passamos, como a artista, isso é o resultado da reverberação da realidade e suas interferências. Já o trabalho de captação, pós produção e edição, foi pensado e construído a fim de potencializar as narrativas e sugerir uma variação de leitura e interpretação pelo público. No geral o diálogo entre dança, poesia e vídeo fala um pouco sobre os sentimentos e reverberação do mesmo, um pensamento sobre o tempo e como as ações que nele acontecem podem se repetir e se potencializar, se trata de outras camadas, outra esfera e outra realidade que dificilmente fará sentido mas com certeza fará sentir!

Leia mais
Visita Virtual - Secretaria de Cultura da Prefeitura Suzano

Visita
virtual

Agenda
Cultural

Janeiro 2019

Calendário Cultural Prefeitura de Suzano Agenda Cultural
Novembro 2018