Memória Viva 4° Edição Messias Nogueira e José Luís de Paula.


Memória Viva 4° Edição Messias Nogueira e José Luís de Paula.

Messias Nogueira Nasceu em primeiro de abril de 1931, na cidade de Aparecida do Norte/SP. Era um dos cinco Filhos de Olívia Saul Nogueira, Estabelecidos em Roseira, Messias trabalhou na Estrada de Ferro Central do Brasil e na Fábrica de Produtos Alimentícios Vigor. Em busca de melhores condições de vida, mudou- se para Suzano em 1953, onde trabalhou na Sovis S.A. – Vinícula Suzanense Industria Áurea Ltda. Funcionário público do governo do Estado de São Paulo trabalhou desde 1961 como zelador das escolas estaduais Professor Raul Brasil, Professor Carlos Molteni e Liceu Santos Antônio, aposentando-se em 1986. Dedicou-se, também, a profissão de cobrador, prestando serviços ao Cáritas Paroquial, ao Clube Mirambava – onde trabalhou até fevereiro de 2007. Integrou também o Conselho Fiscal da Mesa da Santa Casa de Misericórdia de Suzano. Em 1956 casou-se com Clementina Schiavi, com quem teve três filhos, José Carlos, Manoel Messias e Maria Inês e sete netos. Seu Messias, como era conhecido, faleceu em 4 de agosto de 2009. José Luís de Paula Nasceu em 25 de Janeiro de 1926, na cidade de São Paulo, durante um breve período no qual seus pais, Dulce Silva de Paula e José Vicente de Paula, residiram na Capital. Os pais vindos de Resende/RJ chegaram a Suzano em 1919, tornando-se uma das famílias pioneiras de Suzano. José Luiz de Paula retornou a Suzano com os pais e os irmãos e trabalhou nas empresas Tinturaria e Estamparia Industrial de Tecidos Suzano (de Jorge Bey Maluf), Industria Têxtil Romanato e Companhia Suzano de Papel e Celulose, aposentando-se aos 50 anos. Na década de 70, entrou para a sociedade São Vicente de Paula, acompanhado seu pai, antigo Vicentino, desempenhando vários cargos na entidade, até o final da década de 90, tais como Presidente da Conferência, grupo de trabalho que cuida das famílias carentes; Presidente da Conselho Particular de Suzano, órgão que dirige as conferências da cidade; Presidente da Casa São Vicente de Paulo, asilo de idosos. No ano de 2000 recebeu da Câmera Municipal, o título de Cidadão Honorário de Suzano, concedido em reconhecimento público pela qualidade de contínuo trabalho prestado à sociedade. Casou-se em 1952 com…