Emoção marca homenagem do ‘Memória Viva’ a ícones do carnaval suzanense


Emoção marca homenagem do ‘Memória Viva’ a ícones do carnaval suzanense

A Secretaria de Cultura de Suzano promoveu na noite desta quarta-feira (17/04) a mais recente edição do projeto “Memória Viva”, no Teatro Municipal Dr. Armando de Ré. O evento, dedicado a preservar e resgatar o patrimônio imaterial da cidade, prestou tributo a quatro personalidades envolvidas com o carnaval suzanense.

A cerimônia, marcada pela emoção, recebeu as famílias dos homenageados in memoriam, Dirlei Briones Spada, Getúlio Moreira Souza e Issao Nishikawa, e Américo Pinheiro Xavier. O encontro contou com a participação do prefeito Rodrigo Ashiuchi, do vice-prefeito Walmir Pinto, do secretário de Cultura, Geraldo Garippo, do secretário de Governo, Said Raful Neto, e da coordenadora do projeto, Rita Paiva.

Dirlei foi porta-bandeira e musa dos bailes de carnaval de Suzano e faleceu em 2016, aos 70 anos. Issao Nishikawa atuou como presidente da Escola de Samba “Galo de Ouro”, comandou o Instituto Suzanense de Agremiações de Samba (Suzansamba), presidiu, de 1985 a 1990, a Federação Paulista de Tênis de Mesa, ocupou a cadeira de vereador em Suzano durante três mandatos (de 1983 a 1996) e faleceu em 2010, aos 62 anos. Getúlio Moreira de Souza foi presidente do Suzano Futebol Clube e incentivador do carnaval local e morreu em 1988, sendo homenageado como patrono do bloco carnavalesco “Banda do Gegê” desde 1989. Américo Xavier dedicou mais de 50 anos de vida ao carnaval de rua e é organizador do bloco “Viúvas Virgens” até os dias de hoje.

Durante a cerimônia, foram exibidos vídeos produzidos pela Prefeitura de Suzano com depoimentos de amigos e familiares e mostrando um pouco da trajetória de cada um deles. Também foram entregues placas comemorativas e cópias do registro do “Memória Viva” às famílias dos homenageados in memoriam, bem como ao organizador do bloco “Viúvas Virgens”.

O trabalho documental está disponível no acervo da Biblioteca Municipal Professora Maria Eliza de Azevedo Cintra e futuramente ficará também nas instalações do Casarão da Memória, a ser inaugurado na região central da cidade neste ano.

Em sua fala durante o evento, o prefeito ressaltou a importância da preservação do patrimônio imaterial de Suzano. Ashiuchi afirmou que este é um dos projetos dos quais mais se alegra em participar, por poder destacar aos parentes e às pessoas que constroem diariamente a cidade, nas mais diversas áreas, o reconhecimento que merecem. O encontro uniu famílias para celebrar aquilo que é digno de nota e registro de agradecimento pela vida e história de cada um.