Release

O Vórtice é uma forma que se singulariza na água ou ar, sendo ponto de partida para o espetáculo que se transformou em instalação imersiva, sob a concepção de Vicente Martos. Com direção de arte de Vinicius Dantas, “O Vórtice” estava caminhando para estrear em espaço físico, mas devido a pandemia do novo coronavírus, precisou ser adaptado para uma versão online, com o desafio de fazer o espectador se sentir de forma intrínseca, parte daquela performance, dessa vez como visitante virtual. Também será lançada uma videoarte com título Vórtice-Córtex, com direção de Ego Sum Frank e fotografia de Luciana Ramin.

O espetáculo acontecerá em diferentes ambientes da casa do artista, semanalmente os espectadores poderão acessar um novo cômodo, em cada espaço será apresentado uma performance exclusiva, que estetiza o corpo e sua relação com o lugar. com as memórias de infância.

Para uma experiência mais apurada, o público também poderá conferir a performance fazendo uso de óculos de realidade virtual, que possibilitará um acesso mais íntimo e dinâmico, dos ângulos filmados com câmeras em 360º.

Sinopse:
O Vórtice surge inicialmente da imagem descrita por Giorgio Agamben: uma forma que se singulariza na água ou ar. Na história, a ideia de vórtice encontra equivalência na “origem”, quando ela se inscreve num devir. Nossa proposta inicial era construir uma encenação em que dialogassem corpo e memória. No contexto da COVID19 e do isolamento social, o trabalho se apresenta enquanto metáfora da visita. O público vai poder acessar, através de dispositivos móveis ou computadores, o ambiente da casa do artista. A cada semana será aberto um novo cômodo; em cada cômodo, uma nova performance, que estetiza corpo e a sua relação com a casa. A pesquisa de auto-ficcionalização compartilhada como linguagem de cena que se apropria de várias mídias – como registros foto e videográficos em fitas antigas do arquivo de família, é realizada pela Secretaria de Cultura de São Paulo através do PROAC Produção e temporada de espetáculos teatrais inéditos.

A instalação imersiva O VORTICE estará disponível através do link www.vicentemartos.com/ovortice. Além da página onde se hospeda projeto se comunica com o público principalmente através de sua conta no Instagram @ovortice_, além das programações das instituições parceiras Oficina Cultural Oswald de Andrade, Prefeitura municipal de Suzano e Secretaria de Educação e Cultura de Guarulhos.

Cronograma de apresentação:

23/07 – Cozinha/ Estreia

30/07 – Quintal

06/08 – Sala

11/08 – Quarto

13/08 – lançamento filme: Vórtice- Córtex

20/08 – Oficina AUTO VIDEO: práticas em videoperformance (Oficina Oswald de Andrade)

21/08 – Oficina Construção de óculos de realidade virtual (Secretaria de Cultura e Educação Suzano)

Sobre o artista e equipe:

VICENTE MARTOS é artista da performance, pesquisador e produtor, tendo participado de festivais, mostras e exposições em São Paulo e outros estados do país. Formou-se em Comunicação das Artes do Corpo (PUC/SP, 2009) e é mestre em Artes Cênicas no PPGArC/UFRN (Natal/RN, 2019). Sua pesquisa se volta para a encenação a partir do corpo e seus desdobramentos estéticos e eróticos, em diálogo com outras mídias e tecnologias, sejam elas de comunicação, geração de imagens ou interação.. Entre seus principais trabalhos estão as performances multimídia Cartas a Renato Cohen (São Paulo, 2014/2018), Isto Não É Uma Festa (Natal/RN, 2019) e Chá de Bebê, (São Paulo, 2019). Também possui experiência como arte-educador em oficinas relacionadas à arte da Performance. Atualmente, vive e produz em São Paulo, onde estabelece parcerias produtivas com outros artistas e profissionais da tecnologia na criação e execução de projetos.

A instalação imersiva O VÓRTICE é um projeto autoral de Vicente Martos que pesquisa narrativas autobiográficas a partir de materiais de arquivos. O trabalho conta com uma equipe preciosa formada pelxs seguintxs artistas: Luciana Ramin, fotógrafa, editora e videomaker, diretora do Agrupamento Andar7; Mônica Augusto, atriz, diretora e professora de Yoga, diretora e fundadora da Dual Companhia de Dança; Raiany Sinara, musicista, compositora e DJ; Rita Cavassana, artista da performance, diretora, pesquisadora e produtora cultural; Vinicius Dantas, artista visual, designer e pesquisador, responsável pela direção de arte e tecnologias de interação do projeto; Ego Sum Frank, artista visual e diretor de arte em produções audiovisuais.

Realização: Secretaria de Estado da Cultura, PROAC 01/2019 Criação e circulação de espetáculo inédito – Teatro

Apoio: Oficina Cultural Oswald Andrade, Secretaria da Cultura de Suzano, Secretaria de Cultura e Educação de Guarulhos

Parceria: LABPerformance UFRN

Serviço:

Espetáculo: O Vórtice

Local na Web: http://www.vicentemartos.com/ovortice_

Faixa Etária: livre

Grátis

Ficha Técnica:

O Vórtice – instalação imersiva e videoarte

Concepção e performance: Vicente Martos

Direção de arte: Vinicius Dantas

VÓRTICE CÓRTEX

Duração: 20 min.

Direção: Ego Sum Frank

Fotografia e edição de vídeo: Luciana Ramin

Música: Raiany Sinara

Figurino: Barbara Moreira

Preparação corporal: Monica Augusto

Preparação vocal: Thiago Furlan

Produção: Rita Cavassana

Assessoria de Imprensa: Consultório da Fama

Dia Horário
21/08/2020 Realizado 17